Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2008

10 Verdades "Lapalissianas" com Variações Sobre Velhice.

1. Um gajo sabe que o cão está velho quando não quer ir à rua e o cão sabe que um gajo está no mesmo estado quando não o quer levar lá fora. 2. Um gajo sabe que está velho quando até acha piada a quem o inveja ferozmente e não lhe deseja sequer um atropelo por um camião cisterna. 3. Um gajo sabe que está velho quando é simpático numa reunião de condóminos. 4. Um gajo sabe que está velho quando percebe que tem defeitos e está a cagar-se para eles. 5. Um gajo sabe que está velho quando já não tem disposição para idolatrar ninguém. 6. Um gajo sabe que está velho quando ama um filho desesperadamente. 7. Um gajo sabe que está velho quando faz 6km diários para ir comer à tasca da tia. 8. Um gajo sabe que está velho quando a casta Trincadeira se torna vício. 9. Um gajo sabe que está velho quando só olha para mulheres acima dos 30. 10. Um gajo sabe que está velho quando se torna naquilo que sempre devia ter sido: um individualista com a devida ou possível responsabilidade.
MADA é um programa de recuperação para mulheres que têm como objectivo primordial recuperarem-se da dependência de relacionamentos destrutivos, aprendendo a relacionarem-se de forma saudável consigo mesma e com os outros.

E que tal a criação de MFPH: Mulheres que Fodem a Paciência aos Homens?

(Assim:) MFPH é um programa de recuperação para homens que têm como objectivo primordial recuperarem-se da dependência de conas, Playstation, futebol, carros rápidos e cerveja, aprendendo a relacionarem-se de forma saudável consigo e com as gajas.

Linhagem.

Linhagem onde todos julgam ser os genearcas da lógica da razão, coloco a possibilidade de aumentar as dioptrias para mirar melhor esta desolação "atacamesca". Um amigo de olhar transversal, um louro a um pedante, uma geral-desapontante-redundante realidade matriarcal, as borbulhas dos fedelhos moranguescos, a eterna palmadinha nas costas, os judas, o fraco empenho, a desilusão, o corpo plástico, a cona-plástica, os cérebros pré-aquecidos no microondas, a tua presença diferente na presença de outros, o peito partido e depositado no papelão. Linhagem de homens e mulheres fracas. Espécie sem espécie de retorno.