Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2008

nhumie...

O roupeiro desta gente porta sempre o semblante carregado como a cafeína do café ou o filtro com nicotina. Não teríamos que vestir as mesmas cores, mas a sermos parte deste mundo repleto de perdedores, e àqueles que o são, não lhes desejo sequer vontade de irem às compras este Natal: continuem burrinhos que nem uma porta e a verem a vida com a mesma simplicidade com que se faz um double cheese burguer na McDonalds!
Há pessoas que são tal e qual os hamburgueres

As minhas conversas com dEUS...

dEUS: Comé, pá?
Zorze: Foda-se, estava a dormir...
dEUS: Ya, mas já viste as horas?
Zorze: Foda-se, cum caralho... 6h43...
dEUS: És sempre a mesma merda!
Zorze: Pois... olha, queres tomar o pequeno-almoço? Há comida na cozinha...
dEUS: Não, deixa estar. Vai-te levantando que tenho de ir acordar um gajo pior que tu...
Zorze: Pior do que eu? Quem?
dEUS: O teu amigo, Julien Doré.

(Julien Doré - Les Figures Imposées)

Ensaio sobre sei lá o quê.

Nas sessões de poesia do Cunhas, nos Açores ou ainda mais longe pareceu-me ter aparecido. Apareceu também há dias. Sinistra, a criatura. Alta, com pouco cabelo a camuflar a calvície. Esguia, a mover-se como um escorpião negro erguido sobre as pernas. Acossado, tentando passar despercebido entre a multidão. Não me vê e acredito que ninguém o vê também, mas vejo-o pontualmente por breves instantes... ... pergunto-me se trespassará a minha mão os ossos frágeis do teu corpo?

POIS É...

- POISÉ... parece que agora o Governo anda a tentar foder-nos a vida...ou- POISÉ... estou a urinar clarinho. Parece que desta vez estou mesmo com anemia...

Comunicanço filosófico - OU - Ensaio sobre as mulheres

Comunicador 1: As mulheres sao maquiavélicas? Comunicador2: Quase todas têm um pouco de Maquiavel, sim! São instintivamente mais sensíveis e, como tal, de forma inconsciente, defendem-se pela ponderação em demasia, o que acaba por torná-las calculistas, frias e assim. Toda esta argumentação CAI, POR COMPLETO, quando estão mais apaixonadas; quando estão APAIXONADAS ponto. Ou seja, é a única altura em que são como nós!

O Admirável Mundo Gmail

Zorze
desde criança que levo com o cinto, por isso, chinelo e conversa de meninos...

Diaz
Eu levava com o cinto, com o psiché e era fechado na dispensa! A minha mãe, com pena de mim, ia-me lá deixar a comida num alguidar!

Zez
e eu? eu só sabia que era Natal quando levava com um pontapés na cabeça de uma bota Doc Martin... chorava em silêncio até ser dia de Natal...

Zorze
E eu só sabia quando era Natal quando estava na Páscoa a apanhar com o cinto...

Diaz
e eu que só sabia que era natal quando me espetavam alfinetes nas pálpebras e diziam: "Atão? Não ias esperar a noite toda pelo Pai Natal??? Atão experimenta fechares os olhos, vá"!

Zez
e eu? só sabia que era Páscoa quando ordes de coelhinhos da Páscoa com raiva atacavam-me incessantemente até que eu admitisse que o Pai Natal não existia...

Zorze
e eu que só sabia quando era a Páscoa no Natal quando apanhava com o cinto...

Zez
e eu que só sabia que era Dia da Espiga quando havia merda lá em casa??

Zorze
e eu que só sabia quando era Dia de S. …

Receita à la Zorze - Tomo I

. Cozinhar "massas" . Temperamos sempre a comida com algum cuidado. Deitamos um pequeno apontamento de sal para não ficar salgado, colocamos muito pouco picante para não picar na língua e não nos aventuramos nos pimentos, porque há sempre alguém que não gosta. O vinho também é uma preocupação: as castas, o ano, a região e afins. Hmmm... não, não! O melhor mesmo, para ninguém ficar com fome, é colocar umas fatias de pizza e um frango de churrasco na mesa.

Ah e tal os Sigur Rós no Campo Pequeno, onde os touros se divertem...

Muito influenciado pela sonoridade de Bob Dylan, Francis Cabrel é, quanto a mim, o melhor songwriter francês da actualidade. Extraio este tema do Samedi Soir Sur la Terre, álbum de 1995, no qual escreve esta brilhante canção sobre o não menos brilhante desporto de atrasados mentais de que há memória: a tourada (la corrida)!



Francis Cabrel - La Corrida
Depuis le temps que je patiente . Dans cette chambre noire . J'entends qu'on s'amuse et qu'on chante . Au bout du couloir . Quelqu'un a touché le verrou . Et j'ai plongé vers le grand jour . J'ai vu les fanfares, les barrières . Et les gens autour . Dans les premiers moments j'ai cru . Qu'il fallait seulement se défendre . Mais cette place est sans issue . Je commence à comprendre . Ils ont refermé derrière moi . Ils ont eu peur que je recule . Je vais bien finir par l'avoir . Cette danseuse ridicule . [Refrain] : Est-ce que ce monde est sérieux ? . Andalousie je me souviens . Les prairies bordées de…

... (Não ando numa de dar grandes títulos, só reticências...)

A gratidão é como o vinho servido à mesa quando somos adolescentes. Nem sequer lhe tocamos! Anos mais tarde, e perante um bacalhau com grão regado com um monocasta trincadeira para beber com os dentes, vimo-nos logo pelo estômago . E, embora as frases não devam começar com "e", queremos ligar a esta ou àquela pessoa que fez muito pelo nosso crescimento e dizer-lhes, tão simplesmente: "Como vão as coisas contigo?"
(Seb Janiak)

Recordar é viver...

Zorze (1962)

Por que morreste, pá?

Nusraf Fateh Ali Kahn, Leonard Cohen, Nina Simone e os The Smith, entre outros, foram reinventados por Jeff Buckley. Estou a ouvi-lo a estas horas da manhã; isto, antes de ir fumar o último cigarro. É curioso que, num concerto, ele sublinhou a importância da sua década de afirmação (90): “Os músicos são mais magros, rápidos, ágeis e talentosos”

Sapatilhas azuis - OU - Mais uma vez, não tenho título para este post

A mulher à minha frente tinha sapatilhas azuis celestiais que contrastavam com toda a indumentária castanha. Falava sozinha e percebi estar enlouquecida com pouco mais de 30 anos. Parou na montra da loja e aumentou o ritmo do discurso. Mas não estava infeliz, de todo! A minha pele estava bem mais seca do que a dela esta manhã.
IAMX - This Will Make You Love AgainWhen the joys of living just leave you cold frozen from the failing mess you've made your own and if you want an ending to your screenplay life well here's the consolation that will change your heart and mind and all the glitz messiah's just pass the time a cure for no real sickness, cross your hopes and die your supermarket Jesus comes with smiles and lies where justice he delays is always justice he denies this will make you love again... and now you're safe love again to feel the rays love again the sweet delays love again and shoot the breeze early thursday mornings wipe away the flies the crossfire fight fo…

Kid A - A minha cabeça no sítio certo

Composto orgânico e experimental. Exercício de raciocínio e fé. Holograma futurista interrompido. Quando te ouvi, já a viver a noite fora do tempo, desliguei o motor da viatura e contemplei-te com amor. Dádiva, a vida com esta sonoplastia de fundo a reinventar os meus minúsculos pés suburbanos.