Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2008

Breve apontamento - Tomo I

Perguntava-me ontem, e sem rodeios (!), o que achava? "Bem", respondi, "não sei, não faço a mínima ideia do que deverás fazer!" - ajudar, pensei, foi e é ter a noção de que as lições de moral são a coisa mais mesquinha e merdosa do ser humano. "Faz o que quiseres! Olha, segue a tua intuição e preocupa-te só com uma coisa: viver a vida viva!"

Não tens tempo para ter tempo? Que tempo? - OU - O homem que nunca respondia a perguntas e só gostava de foder feito maluco - OU - Inquérito de rua.

- Queria fazer-lhe uma pergunta apenas...
- Não tenho tempo!
- Não tem tempo? Como assim?
- Não tenho!
- Não tem?
- Não!
- Como não?
- A sério que não tenho!
- Só uma pergunta...
- Não tenho tempo para lhe responder!
- Então vá-se foder!
- Não tenho tempo!
- Não tem tempo para foder?
- Não, para isso tenho! Para lhe responder é que não!

- FINAL ALTERNATIVO -

(...)

- Então vá-se foder!
- O quê? Como?!
- Perdão! Peço imensa desculpa de o ter ofendido de forma tão gratuita...

Amai-vos e fodei-vos à grande!

No discurso profético que jESUS terá feito no Monte das Oliveiras - diz quem viu que foi muita porreiro (!) -, o sENHOR terá dito "Amai-vos e fodei-vos"... Mais do que acreditarmos na tese do Big Bang para a explicação de todo este enredo é entendermos o que eLE quereria dizer nos episódios da Galileia - II Série. Foder de foder à canídeo ou foder de foder, implicando morte, traição, falsidade e afins? É que eu olho o mUNDO e só me dá vontade de dizer (parafraseando Tori Amos em Spark): "If the divine master plan is perfection, maybe next I'll give Judas a try".

Que se foda o Telejornal - ou - Puta que pariu os jornalistas!

(Durante a hora do Telejornal, entre as vítimas da China e da África do Sul)
Para o caralho quem se esquece da dignidade das vítimas! O meu filho nunca há de ver o Telejornal nem os Teletubies!

Dama do Zorze: Como é possível?
Zorze: Foda-se, digo-te que este é último Telejornal que vejo!
Dama do Zorze: Sim, mas temos que saber o que se passa no Mundo!
Zorze: Que se foda o Mundo!

Portugal: O país dos castelinhos de praia - Tomo I (DGV ou IMTT ou o caralho que os foda!)

Depois de me terem gamado a carteira na viatura, tive de ir tratar novamente da carta de condução à DGV - isto porque, na Loja do Cidadão, o serviço de "Perdi a Carteira" não estava a funcionar a 100% (Eh pá, que grande surpresa! O quê? Os serviços em Portugal são uma merda? Não acredito!). Foram, na boa, umas 4 ou 5 horas perdidas. Paguei uns 30 euros e deram-me uma guia com a validade de 4 meses. Pois agora o prazo acabou e tenho de ir aos serviços para que me carimbem a merda do documento outra vez. Faço duas perguntas: (1) Não deviam ter enviado a puta da carta naquele tempo determinado para a minha morada? (2) Ou, pelo menos, enviarem-me a não-menos-puta da guia temporária? Sim (!), agora, e mesmo que vá à Loja do Cidadão, vou ter que gramar uma fila interminável. Foda-se, neste país só podemos contar com o mesmo: total falta de funcionalidade de tudo! Até seria mais acertado que este pedacito de terra provinciana se chamasse Portuburkinafaso!

"Temos borboletas na barriga" e o problema da Mulher-com-a-mania-que-é-boa!

Até no que toca à tesão, as mulheres têm de complicar a definição do que é estar com vontade de foder. Este "Temos borboletas na barriga" é tal e qual a batata, o tomate e os 8 cm's de bife de alcatra que deixam no prato ou o súbito retocar de maquilhagem na casa de banho. O problema é que as mulheres fantasiam que nós, Homens de 30's, ainda as temos em alta admiração e consideração como outrora em adolescentes. Algumas, curiosamente, caminham na rua como estivessem na passerelle, orgulhosas das mamas salientes e dos rabos que mal cabem nas calças descaídas. Deverão pensar que são triunfantes e que causam mossa num gajo, enquanto só merecem o nosso mesmo comentário: "Até és boa, mas só te comia mesmo à canzana e se pudesses dispensar as borboletas ainda melhor!"

Ele e as nossas 4 Estações.

Ele, ou nós, caiu desamparado nas folhas de Outono e o escudo da outra galáxia quebrou como um vidro. Ele, ou quem julgávamos ser dotado de poderes especiais, foi envenenado com o frio seco do Inverno e perdeu o esmifre da voz. Ele, a quem demos tanto, morreu de mal crónico e apaixonado pelo debutar da Primavera. Ele, onde corria o sangue mais brilhante que a nossa vontade de viver, verteu um última lágrima candente como o sol de Verão.

2 Interrogações matinais

1- Se a fome vem aí, por que razão sou comedido com o que como?

2- Se o FC Porto vendeu o Bosingwa e se prepara para despachar os argentinos, Lucho e Lopez, por que razão terei de continuar a gostar da merda do futebol?

Um post desnecessário, mas quero que se foda!

* Este post é dedicado ao meu grande compincha Zez!

A melhor definição da minha pessoa saiu da boca do meu querido Zez: "Zorze, tu és um puro box-to-box"... "Hmmm, isso quer dizer o quê", retorqui. "Que és uma espécie de Lampard", disse-me... "Hmmm, tenho uns grandes pulmões, é isso?". "Também, mas basicamente ocupas sistematicamente duas posições: a defesa e o ataque"... Além de ser uma grande verdade, confesso que fiquei ainda mais fascinado em ter aprendido uma cena com estilo: box-to-box! Agora, quando estiver a treinar no gym ou a beber imperiais com os amigos na esplanada do indiano, posso dar uma de grande entendedor de bola; tipo: "O que o SL Alto dos Moinhos precisava era de um box-to-box!". Foda-se, que soa mesmo bem!!!

(Sem título)

Inútil, peguei fogo ao cartão de eleitor. Coloquei óleo de fritar no depósito do bólide que vou devolver após o pôr-do-sol contigo. Rasguei as contas das tv's cabos, vodafones e desfiz-me de mim assim, preocupado com os números das entidades, referências e valores. Pelo meu pé vou caminhar até ao percepício do até-amanhã-mantendo-a-camisa-com-o-teu-cheiro.