Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2009

"O meu irmão já está à venda..."

Quinteto jazzístico formado por malta porreira, boémia e que tem todo o ar de fumar um bom mel de vez em quando - sendo que o mais impecável deles todos é o estúpido e o lunático do meu irmão! -, podes encontrar o som deles no MySpace: RAPAZES DA FORJA(clica!). É edição de autor, custa 5 euros e quem conseguir bons espaços para os rapazes tocarem recebem, naturalmente, qualquer coisita também. De sublinhar que este álbum tem a participação do magnífico, mui bonito, amado e inteligente, Zorze! Pensava que sim, mas afinal esta não é a mão de pianista do meu irmão...
"Quase todas as discussões têm como origem o amor. Quase todo o amor tem como fim as discussões."
(Zorze)

Ensaio(s).

O actor foi baleado no meio da ponte com projécteis verdadeiros. No impacto explosivo perfurante lançou os joelhos ao chão e consultou-se para saber se morrer sem o abraço das margens seria assim tão mau.

(...) moreno claro, sarado, safado, insarável, 23cm de pau, grosso, adoro casadas safadas, que chupam e dão o cuzinho e adoro iniciantes da sacanagem (...)
"Enquanto não conseguir chamar-te coisa pior vais continuar a gostar de mim e eu não queria: não queria mesmo gostar de ti!"

A Assembleia da República tem competência política e legislativa, de fiscalização e ainda outras relativamente a outros órgãos.

Devíamos morrer de outra maneira: morrermos em fumo de bom mel. A felicidade é sempre momentânea, efémera e duvidosa-duvidante

A simplicidade da pornografia.

É muito mais pornográfico ou ordinário ler um livro do Paulo Coelho do que ver a Dani Woodward toda asssanhada e em gemidos descontrolados num Hard Interracial! "A todos os fãs da Alienação Zorziana e do meu zorzinho um beijo quente da vossa amiga Dani"

(1) Che (2) Stereo Sound (3) Pois...

(1) A pequena sirene eleva a sua deliciosa mimalhice às altas tonalidades da minha condição existencial. Sou a sua crosta ressequida à espera de todo aquele derrame de vida.

(2) Foder. Foda. Cona. Caralho. É tudo igual ao litro!
O que me dá alegria nos meus 31 anos de vida é que agora, finalmente, consigo fundamentar o meu lado presunçoso. Sei que é mau e cai mal, mas considero-me mais inteligente do que a maioria das pessoas que conheço. (3) Este Post foi-me sugerido aos ouvidos por Sondre Lerche entre a viagem do frio dos subúrbios ao já gelado e redundante cubículo laboral

Linguística - Lição 1

Pensam vocês, queridos alienados, que nunca vos ensino nada? Então escutem... Quando algo de mau acontece, eis que fica mais evidente a diferença entre ingleses e espanhóis:

Inglês: Nooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo...
Espanhol: Nóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóóó...

Foda-se, até o cabrão do til ou tilde, como se diz em Espanha ou España, vem sempre acompanhado de guarnição. "Mas quem pediu afinal o caralho das batatas fritas?" Coa breca, não dá para ter o til ou tilde, como se diz em Espanha ou España, num prato à parte?

Top 100 Indie Albums of 2008 - OU - Reivindicação, pá!

1, 2, 3, diga lá outra vez...

1 O rato quase morria com o impacto da armadilha. Fatalidade, acidente ou descuido? Mas afinal quem pôs lá o queijinho? 2 Não acredito que qualquer composição de Bach estimule mais uma criança do que uma qualquer música da Charlotte Gainsbourg. Ainda por cima, a filha do mestre deve ser loba capaz-de-esfolar-a-glande-alheia! 3 Estou cada vez mais acomodado às minhas vontades e não às dos outros. Ou seja: razia intelectualmente filtrada às redudâncias!
1, 2, 3, diga lá outra vez...

1 Amizade 2 Paixão 3 (ficou...) Tarde