Avançar para o conteúdo principal

Fim de emissão



Obrigado aos leitores da Alienação que tiveram paciência para ler os meus textos; entre eles: Paulo, Pedro, Filipe, Nokas, Ju, EL Mariachi Diaz, Formicidae, Lótus, Freak, Doravante Borboleta, Homem da Garagem, Pipocas, Sissi, Zez, Amie, Alyia, Resmungona, Zeca Diabo, Scorpion Woman, Tripeiro de Roterdão, Gizmeister, Xostrinha, 1entre1000's, Mojo Pin e mais uns quantos que por aqui passaram.

Nunca nada fará sentido se não for feito com entrega, paixão e intuição. Todos nós seguimos instintos primários de defesa, muitas vezes invertendo-os em ataque. Pois a minha "batalha" chega ao fim. Quando deixa de haver preocupação pelas feridas que se abrem e são abertas, então isso representa, efectivamente, que devemos avançar mais um passo, rumo à coerência e respeito por nós próprios. Aos amigos bloggers - e só a eles (!) -, peço desculpa pela descoordenação do blog ultimamente. A Alienação fez sentido até ter perdido a tal entrega, paixão e intuição. Desejo a eles que continuem a mover devidamente a blogosfera - sempre como um espaço de partilha de ideias e de liberdade!

"As lamentações devem cessar, uma vez passado o desgosto"

Fica, todavia, o meu mail: alienacaozorziana@gmail.com

Comentários

  1. Zorze, a antena é feia.

    ResponderEliminar
  2. Recria-te. Inventa outro blog... sei lá! A vida faz pouco sentido em câmara lenta. Até já e beijos à fartazana.

    ResponderEliminar
  3. Mas estás doido ou que? Se a coisa anda menos bem, muda-a. Uma coisa é certa, em todos os teus posts se nota que és um homem de ideais e quem tem ideais nunca se deixa vencer!

    Toca a escrever mais alienações, vá, que a malta continua a gostar de ler.

    um abraço

    ResponderEliminar
  4. Se ainda passares por aqui espero que te sirva de inspiração ao leres a minha mensagem fofinha. De cowboy para cowboy.

    ResponderEliminar
  5. Boa sorte e vai em paz!:)o meu email tb está sempre disponível!

    ResponderEliminar
  6. Tanto investimento no blog nos últimos tempos e agora vais-te... Tá bem! É tipo o último suspiro antes de desaparecer. Pelos vistos os blogs também sofrem do mesmo.
    Percebo o que dizes, já que começo a ter o mesmo desentusiasmo por esta treta. Fica bem! ;)

    PS- Vou-te mandar um mail... hehehe

    ResponderEliminar
  7. Fico à espera do reaparecimento numa galáxia qualquer...

    ResponderEliminar
  8. OOOOOHHHHHHHHHHHH!!!! Amuei!!!! :(
    (vou mandar-te um mail para ficar o meu contacto..., para me comunicares a estreia de outro blog ou sei la um concerto, ou uma sessão de tupperware, ou qualquer coisa, ou então simplesmente deita na reciclagem... ;))

    ResponderEliminar
  9. homemdagaragem1:53 da manhã

    Capitão Zorze Finalmente com classe... A garagem abre a porta à sua nave ou será OVNI...

    ResponderEliminar
  10. então??!?!?! Uma pessoa anda alienada por uns tempos, e quando regressa ao planeta terra para ler uns quantos blogs amigos dá de caras com um desaparecimento subito!??!?! Vá lá! (vá lá vá lá vá lá)... volta! mesmo que seja numa outra realidade paralela, numa outra dimensão, outra cara, outra história! Zorzito! Num ti bás! cariño!

    ResponderEliminar
  11. Não sei porquê, volta e meia venho aqui na esperança que a alienação tenha ressuscitado...

    ResponderEliminar
  12. ...ainda estou à espera do retorno...*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!