sexta-feira

Fim do final de emissão: Ai, eu não confio nada nesses monhés!

Example

Aquando do 11 de Setembro, há uma criatura iluminada de meia-idade que partilha a seguinte pérola:

- Ai, eu não confio nada nesses monhés! Já sabia que eles não eram certos da cabeça.

- Monhés... ou muçulmanos? - perguntei...

- Ui, filho... São todos iguais, essses grandes filhos da puta.

Lembrei-me da seguinte citação de uma película famosa, tão citada pelo Zez:

"Há duas coisas que eu não suporto: As pessoas que são intolerantes com as outras culturas e os dinamarqueses"

P.S. - É possível que esta citação esteja incorrecta e não sejam, afinal de contas, dinamarques. Se calhar são suecos ou noruegueses - mas, também, são todos loirinhos e de olhos azuis.

6 comentários:

  1. de volta a estas lides? ou isto foi novamente tomado por "terroristas"?

    ResponderEliminar
  2. zorzinhoooooooo! tu voltaste!!!!!!!!!!! ai que bom! fico tão contente! :):):) ai que saudades!

    ResponderEliminar
  3. Este homem é um senhor...carago!

    ResponderEliminar
  4. Obrigado a todos, camaradas. Qd tiver mais tempo, estarei um pouco mais presente. Abraços e beijos *

    ResponderEliminar
  5. xostrinha3:26 da tarde

    A dizer mal dos louros hã? Mais moderação ou acabou-se a "cobóiada".

    ResponderEliminar
  6. os noruegueses são os únicos (a par com os japoneses) que ainda caçam LEGALMENTE baleias!

    Que é quase a mesma coisa que matar americanos, com o problema de obesidade que por ali arrasa a malta!

    No outro dia, virei-me para um turista americano e gritei-lhe. "Vomita mazé o Pinóquio, pá"!

    -Esta ainda te vai obrigar a pensar umabéka-

    ResponderEliminar