Avançar para o conteúdo principal

Hard Candy. Quando o doce está envenenado.

Lá vão aparacendo umas "pérolas" como esta no videoclube do bairro!

Devo-vos recomendar avidamente esta película extraordinária. Imaginem a subversão da história do Capuchinho Vermelho. Juntem-lhe retoques de malvadez e puro constrangimento num ambiente onde a fotografia é cuidada ao pormenor. Os diálogos são bem conseguidos, intensos e as interpretações, essas (!), absolutamente credíveis. Hard Candy (Doce Duro – tradução à letra) transpira a cada segundo a candura e a perversão de uma adolescente de 14 anos que, sem dó nem piedade, veste a carne virginal de cada uma das adolescentes abusadas diariamente por pedófilos e procura vingança ao tentar desmascarar um fotógrafo que conhece na Internet. De pernas para o ar e em todas as posições possíveis e imaginárias, sem nunca roçar o previsível, este é um daqueles filmes que se destacam em cada 50 que alugamos no videoclube lá do bairro.

Hard Candy (2005)
. Written by Brian Nelson Directed by David Slade

Comentários

  1. E quem interpreta o Lobo Mau, o Bibi?

    ResponderEliminar
  2. BIG-Z já tinham ouvido falar do filme e se tu dizes que é bom vou rapidamente passar no clube (já não vou lá à anos).

    ResponderEliminar
  3. Zorze fiquei curiosa só pelo excelente txt que escreves-te acerca do filme! well done!

    ResponderEliminar
  4. este vi-o no cinema com mais 2 ou 3 gatos-pingados. e não é subversão da história do capuchinho vermelho porque o capuchinho vermelho ganha sempre no final...

    se esse videoclube de bairro tiver também o brick, aconselho-te a vê-lo

    ResponderEliminar
  5. Nunca ouvi falar do filme mas gostei da descrição que fizeste na próxima ida ao clube de video vou trazer o filme e ai de ti que o filme não seja bom Zorze.

    ResponderEliminar
  6. Já vi!! Excelente!! Óptima sugestão, sim senhor. Abç.

    ResponderEliminar
  7. Rafeiro: Se achas que ele tem jeito para interpretar um fotógrafo de 32 anos...

    BIG-T: Aluga - à confiança!

    1e1000: Estragas-me com mimos! *

    Paulo: Nessa perspectiva, a subversão não é a palavra mais apropriada; falo, sim, de quem se torna a presa e o predador e a inversão de papéis. Abraço, caríssimo Paulo!!!

    Asdrubal: Vais gostar, não te preocupes - tenho a certeza que sim!!!

    Haddock: Mais um dos meus!!!

    ResponderEliminar
  8. Exmo Dr Zorze

    Hummm...recomendação aceite!!!

    E já agora, como se encontra das dores de cabeça?! Espero que melhor :)

    Com os melhores cumprimentos,
    Sofia

    ResponderEliminar
  9. Já tinha ouvido falar do filme, passou um pouco à margem mas também fiz a associação com o capuchinho vermelho. Coisa curiosa é que em inglês o nome da menina (e se não me engano, da história) é little red riding hood, ora se bem que eu sei que o nome vem da vestimenta (tecnicamente casaco de montar), a menina não tem cavalo... Então... porque usa ela esta vestimenta... (Vai montar o quê...?)
    (lol)

    ResponderEliminar
  10. Sophia: Muito melhor. Hoje são as cruzes!!!

    Menir: Ai que estamos perversas hoje... humm... coitadinha da moçoila - uma santa!!!

    ResponderEliminar
  11. A verdade é que são raros os filmes que se destacam no meio de todos os outros que saem cá para fora tipo produção em série.
    Por acaso tenho curiosidade em ver esse filme desde a altura que teve no cinema, e ainda nada. Shame on me!

    Quanto ao Brick deve ser difícil encontrá-lo no videoclub (porque raio se continuam a designar assim se praticamente já não existem videos??) pois está agora em exibição. Também queria ver esse.

    ResponderEliminar
  12. k: este podes ter a certeza que vale a pena!

    ResponderEliminar
  13. Realmente só de ler esse teu texto dá logo uma vontade enorme de o ir buscar e ver.
    Vou ver, com certeza!
    Obrigada pela dica

    Beijokas

    ResponderEliminar
  14. Espero poder seguir tu consejo, y de ahi te contarè.
    y**

    ResponderEliminar
  15. Zorze... venha o próximo!!

    ResponderEliminar
  16. eu ja tinha visto qq coisa acerca do filme precisamente no blog do paulinho :p

    ok! quero beri! mas n uso videoclube! ai céus! tenho k falar com os meus amigos piratas!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!