Avançar para o conteúdo principal

Abbie Cornish - nhumie...


Tem as mamas mais pequenas que a Scarlett, mas é igualmente bela!

Este foi o fime que projectou Abbie Cornish, jovem actriz australiana de um talento imenso, em quem aposto a conquista do mesmo mediatismo de Scarlett Johansson num espaço de 3 anos. Se a A.Z. ainda existir nessa altura, vou poder confirmar a profecia. Vejam este filme e descubram a razão de ter sido premiado em tantos festivais. Não é uma película brilhante, mas tem uma interpretação notável, uma fotografia deveras interessante e descobertas subtis de pequenos prazeres através das duas personagens principais - muito ao estilo da indelével Amélie do genial Jean-Pierre Jeunet.

2007 Stop-Loss
2006 A Good Year
2006 Candy Actor
2004 One Perfect Day
2004 Somersault
2002 Horseplay

Comentários

  1. BIG-Z, já tenho ouvdo falar maravilhas desta menina australiana, dizem qué é lindissima. Os meus olhos ainda não passaram por ela nem pelo tamanho das maminhas mas não me importava nada. Este fim de semana também vi um grande documentario simplesmente fabuloso que se chama Super Size Me.Não me apanham mais no Mc.Donalds. Uma última nota, também sou fã do Jean Pirre Jeunet.

    ResponderEliminar
  2. Nunca ouvi falar. Mas se és tu a aconselhar, vejo. Abç.

    ResponderEliminar
  3. não conheço a jovem... :(, mas se de alguma forma comparas o trabalho dela ao da Audrey tenho que a conhecer, pelos vistos esta-me a passar ao lado algo de valor!!

    ResponderEliminar
  4. Nunca ouvi falar, mas visto que o Big Zorze é aconselha é porque é bom.

    Quando tem a "Chancela Zorziana" é obrigatóriamente bom!

    Vou ver se vejo.

    Obrigada pelo conselho.

    Beijinhos diabólicos.

    ResponderEliminar
  5. não sei se é boa actriz mas atrás é óptima.

    ResponderEliminar
  6. Tem graça que este poster fez-me mesmo lembrar a Audrey Tatou no Fabulouso destino de Amelie!!!

    ResponderEliminar
  7. n conheço, lool
    =)
    bjs

    ResponderEliminar
  8. E tens a certeza que não venho de lá alienada de vez?

    (Eu sei que disse que pensava que os aliens não faziam sexo, e tal e coisa, mas também escusavas de me deixar de visitar...sniff, sniff)

    Nanny

    ResponderEliminar
  9. Desculpa lá mas impunha-se como imagem a comparação mamária entre as duas. Sei lá se estás a falar a verdade!

    ResponderEliminar
  10. ok! mais um para a lista! :p e o tamanho das mamocas das moças pouco me afecta! mas obrigada pela informação extra! :p

    ResponderEliminar
  11. a mim deixaste-me curiosa, com vontade de ver o filme.. e a menina é engraçada, sim senhor.. bom gosto :)

    ResponderEliminar
  12. Tá feita a recomendação primo.
    bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!