Avançar para o conteúdo principal

A ternura dos 30. - OU - A recta final. - OU - A resistência da malta da geração de 70.

Até agora nada deixou de funcionar no meu organismo. Tanta coisa com os trinta anos e eu não sinto nada de especial: nem deprimido nem cansado. É mais um degrau alcançado, de experiência, de sabedoria e perspicácia. Basta olhar para uns quantos amigos meus e ver que estão no auge da vida (nem todos!). Ter trinta parece, até agora, ser um privilégio. Tirando uns quantos espécimes intragáveis e patetas, acho que o pessoal da geração de 70 tem muito valor por tudo aquilo que "pedalou" e por nunca ter preenchido os requisitos necessários para ser a dita "geração rasca"! Assim, e com espírito de fair play, desejo muito sinceramente às gerações vindouras que não sejam nem mimadas, egoístas ou fúteis! O maior tesouro é o amor que sentimos uns pelos outros e não a roupa toda gira, os ipods, os diálogos rebeldes e outras merdices afins!


Foi ontem, a propósito, que se deu o magnífico eclipse "inte-intra"...

Comentários

  1. Bom Diaaa!
    Parabéns, pelos Intas!!!
    Os Intas ou ões de trintões, nada mais é do que uma etapa da nossa vida!!!
    Desejo-te felicidades, muitasss e que gostes tantos dos teus intas, como eu gostei dos meus!!!

    Beijooo de miudaaa

    ResponderEliminar
  2. ainda bem q foste dormir no post anterior...
    ...para acordares para os "intas"! confesso q a minha entrada nos intas foi contra a vontade mas fazer oq? ja ca estou e toca a andar prá frente, breve la vem o " e 1" a até a data nada a reclamar...
    ja agora parabéns! deixa o tupperware com a minha fatia de bolo na loja dos animais la do meu prédio... thanks!

    ResponderEliminar
  3. Tu levas uma fatia grande por duas razões: para ver se engordas uma beca e porque és do Porto!

    ResponderEliminar
  4. parabéns, grande Zorze! e que te partam o bolo todo...

    ResponderEliminar
  5. são tão fatidicos, vocês, "intas"!!! eheheh!

    beijola na tola, have a nice and good year!

    ResponderEliminar
  6. eh lá!! parabéns, Zorze!!
    idade redonda!!
    mas isto a seco não tem piada, não há espumante com borbulhas??

    grande abraço!

    ResponderEliminar
  7. parabéns! ainda bem que não é assim tão mau, uma vez qu já estou quase a lá chegar!

    ResponderEliminar
  8. capitão espumante?!?!?!? (olha-me este...) zorze da-lhe gasosa que é o que nos serve lá no sono...

    ResponderEliminar
  9. Obrigado camaradas, ainda bem que ainda não senti qualquer efeito negativo...

    ResponderEliminar
  10. bonito discurso, gostei muito da mensagem final.
    e o bolo...q aspecto.

    os meus muitos parabéns, ainda que atrasados!

    ResponderEliminar
  11. Oh pá! Nem acredito! Ontem? Ná! Sábado é que vai ser!

    ResponderEliminar
  12. Grande zorze. muitos parabéns. o grave é que eu já nem me lembro o que é ter 30 anos. parce que já passou uma eternidade.

    ResponderEliminar
  13. lol, mas tu estás muito bem para os teus 74 anos! ;)

    ResponderEliminar
  14. Muitos parabéns, também vou entrar nos intas não tarda! E tal como tu também acho que é um privilégio.

    Já agora muito bom gosto musical Jeff buckley... Também admiro.

    Bjs
    Joana

    ResponderEliminar
  15. Parabéns!

    Mesmo atrasados...

    Aproveita bem os intas... que a seguir vêm os entas e já não se sai deles... raras excepções, raríssimas mesmo, são os que chegam aos entos... :P

    Beijocas aniversariante

    ResponderEliminar
  16. Atrasadissimos, mas cá estão eles!!
    Espero que tenhas entrado bem nos intas!!
    Parabéns!!

    Beijokas

    ResponderEliminar
  17. Um pouco atrasada, mas espero que ainda a tempo de te desejar muitos parabens! 30 anos, boa idade :)

    Um beijinho grande, directamente de Londres!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!