quinta-feira

1 + 1 = 1,4 - OU - A teoria das Obras Primas.

Dedicado a um blogger amigo...

Lembrei-me que poderia ter alguma utilidade pensar numa obra de arte e entendê-la através da sua feitura ou técnica arrebatadora - todavia, sempre defeituosa! Assim, como que a obedecer à ideia de que nada é perfeito. Miremos as nossas pontes: as que criamos para lhe conferir esse mesmo estatuto. A prová-lo, sublinhemos que uma obra pode ser prima para aquele indivíduo e, para mim, continuar a ser apenas e exclusivamente uma belíssima merda!

4 comentários:

  1. Vim desejar-te um bom fim de semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. zorze, ingrato de uma figa, como se pode ver pelos prolixos comentários aqui de cima, ninguém percebeu patavina... só vieram picar o ponto!!

    eu, pelo contrário, acho que tens uma certa razão...

    ResponderEliminar
  3. o eiffel tem um blog?!?!?!?! ainda por cima é teu amigo?????? andas bem relacionado andas... mas por outro lado não sei se o gustave vai achar graça a ler-te dizeres que a ponte dele é uma m****...
    na posta de cima escreves-te pra shushu leio amanha...

    ResponderEliminar