Avançar para o conteúdo principal

A Alice e o meu perfil com insignificâncias significantes.



Quando a Alice me chamou "Coisinho" no preparatório, disse-lhe imediatamente com firmeza e lágrimas nos olhos: "O meu nome é Zorze, Alice!". Ela reformulou a expressão e passou-me a olhar doravante de forma carinhosa. Mais tarde, em largos passos cronológicos, lembro-me de procurar a luz do sol do recreio para encandear os olhos dos professores. De colocar as moedas de cinco escudos na linha do comboio para espalmar as Quinas. De obrigar os carros a pararem na passadeira para atravessar por detrás destes. De ter sido rei em popularidade aquando da minha candidatura com uma das listas na secundária. Já era esperada a perda da minha corrida ao “poleiro”, mas ouvi da bonita e carnuda boca da Alice: “Zorze, meu lindo, não me esqueci de colocar uma cruz no teu nome”.

Comentários

  1. E assim se perdeu um grande político...

    ResponderEliminar
  2. gostei do assumido:"com firmeza e lágrimas nos olhos", bonito!

    ResponderEliminar
  3. lindo, mesmo!!
    a alice era belfa??

    ResponderEliminar
  4. No meu caso Menino-Sr. Alien dos Sidérios, chamáva-se "Paula"... sempre a recordarei com aquele corpo de "bola de berlin" e a carinha fofa de uma "nata torradinha"...(suspiro)
    era um doce aquela miuda...
    Um dia, tive a valentia de colocar um papelzinho escrito na sua mochila. Na saída da escola ela fez-me olhinhos de "urso ternurento"... só ali soube que tinha feito merda! e pensei...
    "oh my God!!"

    ResponderEliminar
  5. De "coisinho" para "meu lindo" é um progresso e tanto!
    Um certo tom incisivo e umas duas lágrimas a escorrer dos olhos tocam qualquer coração.

    Um beijo, "lindo"!

    ResponderEliminar
  6. Txiii onde isto já vai... Desde coisinhos, doces e coisas lindas... Eu estava à espera de uma incursão ao psís das maravilhas e saiu-me isto... Deixa lá, a mim até já me cantaram a música do Marco Paulo, portanto é sempre melhor receber o cognome de "coisinho"...

    ResponderEliminar
  7. estás a fraquejar, rapaz!!!!lágrimas, secundário, associação de estudantes??:D

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!