Avançar para o conteúdo principal

FC Zorze e a Reviravolta no Marcador

Nestas últimas temporadas, a imprensa sublinhou que o FC Zorze teria pouca equipa para os grandes derbies. Se o meio da tabela era posição frequente para o team atrofiadamente talentoso, ano-após-ano-até-este-ano, veio desmistificar a musculatura dos adversários. Uma por uma, as equipas rivais foram caindo: ou por terem ganho pontos a roubar deliberadamente quem não deviam, por só terem tido muita letra na estratégia extra-campo, por permitirem aos apanha-bolas serem os verdadeiros protagonistas dos jogos ou, pior de todas elas, por fingirem jogar todos estes anos com amor à camisola. Felizmente, a imprensa começa agora a abrir os olhos e a perceber quem tinha, afinal, uma equipa com cabeça, tronco e membros!

Comentários

  1. Zorzinho...

    ...com esta conversinha, tenho o meu pequeno lampião a arder... não queres soprar (óbvia referência ao verbo "blow", em amAricano, porque o dIAZ é um gajo, assim, como direi, a modos que, com cultura)?

    ResponderEliminar
  2. Tás a falar de sexo??

    (esse gaijo aí em cima não bate muito bem, pois não?)

    ResponderEliminar
  3. K: Não, mas é topo *

    Diaz: É pena a cultura não ter muitas vezes a ver com perspicácia!

    ResponderEliminar
  4. Mete a perspicácia no CU, que eu não sou desses, hã?

    ResponderEliminar
  5. Tudo bem, amori, mas entretando toma este copinho de água com açúcar para os nervos...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Die Liebesbriefe einer portugiesischen Nonne

Gosto mesmo deste registo de mamas!

Tinha, talvez, cinco anos quando vi a Ana Zanatti e as suas amigas freiras em cenas lesbianas e, naturalmente, vem daí o despertar precoce da minha libido.

Só consegui a capa do filme em Inglês. Sorry...

Rapsódia contemporal-conceptual - OU - Ya, Zé

Onde é que se liga aqui este megafone?... Ouçam: artigos pequenos e outros um pouco maiores com mais de 80% de mínima importância. O tapete, o cristal, os dourados. Ai, como são lindos os dourados! Os saldos! Ui, dEUS meu, já começaram? Pretexto. Vamos já, vamos já! Quero ver essa selectividade minimalista dos espaços decorados sem nada. Os dias da reinvenção. Presunção. Sei mais do que tu! Eu sim, sou especial. Antena e o tempo. Vem de onde? Massamá! E o que nos traz hoje? Venho cantar Celine Dion em português. Escolha ousada. E porquê a Celine? Ai, é simplesmente linda: sempre foi! Dias de festejo. Kizombada depois da lambada lambuzada ao seu tempo. 2 tempos. 4 tempos. Motores potentes. A tecnologia gritante. Si, cariñoooooo! Iphones, S8's, S9's, 5 Mini S´s. Fodeu! É assim que se diz? Depende do que queres dizer!? Quem? A mulher, o patrão, o empregado, a amante turbinada, o senhor do banco? Tenho certezas, tenho opiniões. Como diziam os outros, já sei namorar e beijar de bo…

Como pode um homem sem escrúpulos fornicar a sua amiga lésbica?

Embriagados e fumados, dois amigos estendidos no chão da cozinha. . .

Amiga: Qual é o meu problema em gostar de gajas?
Amigo: O problema é que se não fosses lésbica já teríamos um programa melhor do que ficarmos a arrefecer no chão.
Amiga: Não te preocupes. Posso sempre dar-te um xi-coração.
Amigo: Olha, já cheiraste este lenço?
Amiga: O que tem?
Amigo: Cheira!
Amiga: Está bem. Humm… bah, cheira a… a… a… hospital…
Amigo: Diz antes a sonorífero!