quarta-feira

Eternas crianças.

Olha para mim a representar. São as personagens que me surgem. As mesmas que brincam com o teu mundo colorido e inspirador. Passaram muitos anos depois dos palcos que inventámos. Mas não ficas com a ideia de que o nosso amor se mantém? Mesmo com a frieza que os anos de separação nos trouxeram? Continuo a amar-te muito com toda a minha transparência, S.B.!

(Também em Homem Traste)

1 comentário: