quarta-feira

Pretexto de ver os teus olhos faiscantes

Arrumei os teus livros na minha mala com o pretexto de te ver outra vez. Uma probabilidade semelhante à tremenda força de impacto de um meteorito cor-de-rosa-primaveril no meu peito em desuso. "Olha, olha, olha... vai cair... 3, 2, 1...". Foda-se, caiu mas foi o caralho!!!

3 comentários: